quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Solucionando a fala polêmica do Juiz Moro .. Help jurídico by Sinn-Klyss

" Em audiência na Câmara dos Deputados para discutir as 10 Medidas contra a Corrupção, propostas

pelo Ministério Público Federal e que viraram o Projeto de Lei 4.850/2016, o responsável pelos

processos da operação “lava jato” em Curitiba afirmou que “pessoas que infringem a lei sem intenção de

cometer um crime” ou empregados que fazem uma denúncia “em situação conflituosa com sua ética”

devem ter suas provas preservadas." (fonte: Conjur -- http://www.conjur.com.br/2016-ago-05/moro-

defende-uso-prova-ilicita-teste-integridade-servidor).
Esse é o pedaço polêmico com que tentam vilanizar o Juiz Moro.  Pois bem, era uma fala em um

encontro de debates, não era um texto redigido com nuances resvaláveis já corrigidas.
Poder-se-ia dizer ou determinar aí no contexto: "Indivíduo que possa infringir a legalidade sem a noção

de (ter o moto doloso) ou em situação de desconhecer a lei".  A questão básica reporta em síntese à

obtenção por um órgão público de material colhido como prova, provindo de uma fonte ingênua, ou

fortuita, ou de modo involuntário.
Esse parâmetro de cautela processual em nada conta com suposição de 'boa-fé' ou 'boa-intenção';

locuções nominais sofríveis e temerárias em termos realísticos do viver.
Assim incorre aí prova obtida pelos órgãos públicos em docs que Venina enviou à 'Graciosa'; que

incorreu de um ato com moto de responsabilidade profissional, igualmente como o da questão de Ética

que incorreu a funcionária de banco que o lulladrão caçoou e 'pediu' que fosse posta na rua.
Por esta redação conceitual não seria a delação do Léo a ser suspensa, mas sim a do 'machadin'; esta,

duas vezes dolosa, culposa. criminosa.
E mais outro assunto: Quais insuflaram neste momento um NOVO reajuste para juízes?  Isso é um

engendramento 'pulhitico', doloso; com o intuito de vilipendiar toda uma entidade institucional; com

isso 'sumiu' a 'carga' contra o 'tofórizin cumpanhêru' e pressionou-se todo um quadro de pessoas

responsáveis pela Lei e Justiça.
(Sinn-Klyss)

segunda-feira, 6 de maio de 2013

Cachorro não é boneca ..


Você daria seu cachorrinho para matar a fome na Índia?
Mas o seu bonequinho-bibelô faz a fome na Índia.

Seu cachorrinho-bibelô é um ser vivo, multiplicado para ser seu escravo, e a satisfazer sua futilidade, e sua falência psicológica e emotiva.

Como um passarinho que o malvado prende junto a si e póda as asas, você escraviza seu mimozinho ou abusa dele, fazendo-o suportar seus vícios e sua falta de higiene.

Você que vai “defender e proteger” os animais?

Ou você está defendendo as regalias da sua impostura como feitor de escravos?

Livre seu cachorrinho de você, da sua preguiça, da sua vaidade mórbida.

Cuide de si mesmo(a). Ame sua espécie, e não estrague as outras.

Se você não sabe, a poluição de si mesmo como ser vivo é multiplicada várias vezes com a futilidade de manutenção de seu escravinho.

Não faça um cachorro pagar por sua covardia, e por não saber viver sua vida.

Não divirta seu filho com um cachorro, não disfarce sua falta de atenção com a educação dele e sua, fazendo-o adotar sua falência e soberba e pedantismo; pois ele também lhe dará um cachorrinho para sanar a amargura da sua idade que chega, e fugirá de você deixando-o(a) também como babá-de-um-cachorro..

Um cachorro não é uma boneca. Cresça.

sábado, 9 de fevereiro de 2013

Novinha e Quentíssima ..

Oiêh!  Esta postagem é sobre uma NOTÍCIA bem interessante pra estudantes, e também tô divulgando o blog de uma miguitita (que mandou um convite pr'eu participar também lá):

A Notícia é esta:

CLASSIFICAR COMO  "PLACENTÁRIOS" AO INVÉS DE só e apenas "MAMÍFEROS" os animais, fez com  que os cientistas concluíssem que evoluímos já desde muito antes do que pensávamos; ou seja, retrocederam nossa ancestralidade para um período anterior ao dos "Primatas".

Dêem uma passada por aqui:
Novinhas e Quentíssimas


Há bastante tempo o Pensador Haddammann vem validando seus argumentos e exposições de Lógica Conjuntural do ESPAÇO, a cada dia que uma notícia dessa qualidade se faz presente na Mídia. 

O autor do que também pode-se nomear de Sócio-Física, esse homem,  um pesquisador nato,  tem disposto insights aproveitados por pesquisadores de inúmeras áreas da Ciência.



Mais um pulinho aqui também:


terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Gleam(er)(s) não têm facebook; nenhum gleamer está nisso ali.

Aviso a todos os usuários da internet:

NÃO HÁ GLEAM(ER)(S) NO FAKEBOO (faceburro),
e nem nenhum Primer, nem Aspires.

Essa praga cresceu catando todos os endereços e nomes de amigos nossos na internet e fazendo cópia deles com chamadas falsas para as pessoas caírem lá.
Não é um ambiente seguro pra ninguém, e trai as pessoas e a confiança delas.
Repetidas notícias na internet PROVAM isso. 
E a palhaçada de convites abestalhados usando o nome dos outros, escracha a ganância e desonestidade dessa "COISA".



Gleam(er)(s) Team.




terça-feira, 4 de dezembro de 2012

O Lançamento Genética Cósmica (ou da Natureza) será feito no Clube Natureza Gleam.

Brindamos com esta imagem à todas as pessoas de mentalidade livre e de sentimentos autênticos.


(imagem-acervo Gleam(er)(s) Team)

Genética Cósmica (ou da Natureza) será um lançamento adiantado para os que já tiveram o gosto e prazer de ler o livro Número-Primo -- Arte & Natureza e assimilaram o novo estilo de ler um gerenciamento de conhecimento super-dinâmico e altamente instrutivo.
Mas não será tão acessível quanto a obra de estréia do autor (que é conseguida com R$37,00 de doação para um estudante - você doa o livro para um estudante,se quiser ler), que dispôs ao público-leitor dicas práticas e  também extraordinária uma evolução conceitual (para quantos se propuseram a se aventurar em tantos rumos extasiantes da vida). 
Assim como o livro Número-Primo--Arte & Natureza contém utilíssima instrução para provas e concursos, a conceituação apresentada nele é também super-útil para ser aplicada no campo profissional, e até em pesquisas à procura de prêmios, ou satisfação em hobby pessoal em alguns estudos ou criatividades.




Agora, uma pequeníssima coleção de slides vai acompanhar e prover à leitores a avançada concepção da Lógica Espacial (lógica que estrutura o ambiente espacial), a mais importante conceituação educativa desenvolvida em nossos dias ...
Não será tão simples obtê-la, pois custará tanto quanto um presente bem caro que alguém possa dar a si mesmo ou a um filho, ou amiga(o).
A coleção desses valiosíssimos slides será selecionada pelo perfil do leitor, e terá o valor de uma doação; sabe por quê será assim?
Porque o autor foi perseguido por ter dito isso(É a Femina que transmite o psiquismo da espécie humana).


Genética da Natureza – a argumentação dos mais fenomenais conceitos já conseguidos pela reflexão na evolução do Conhecimento Humano.

:: Por aqui você encontra ::

Esse lançamento vai possibilitar a construção também de um outro sonho nosso: a modificação de nossa mentalidade civil por parâmetros mais satisfatórios à convivência humana.

por Hona 

Primer Team

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

"Jóiazinhas" perdidas dentro de uma revista .. Os Anos 80 e Hoje.

Mi queriditas! ... e mi gatitutios también ...




Pero que la vida, mi gusta hacer una comparacion ...

SHAUASHUASDUSHSUSH ... ACORDEI COM MANIA DE FALAR ESPANHOL, AI QUE O GOOGLE CORRIGE, NEAH

Tá chuvênu prácas, aí me meti no meio das revistas antiguinhas pra passar as folhas, ficar vendo à toa ... talvez eu seja uma X-Men; ônti eu fiquei vendo First Class ...
Quando comecei a estudar, ou melhor, me divertir no Projeto Passos da Natureza 21 não tinha nem três comigo; era engraçado, porque o instrutor era duro mas brincalhão que só, muito mesmo, parecia/parece um garoto, mas sabido o hômi, amigo também, e como ...
(É esse que vcs viram a carinha dele aí no bróqui)

Bem, gente! O papéx é estéx ... Tava olhando as revistitas, e 'tafrunhei' meus olhitos nesse trechito aqui:

Ai, num dá tempo, vo continuar dispôis, inté ...

Oiêê !! Di vórta (genti, eu gosto de caipirês)

"Quem eram as pessoas apaixonadas por conhecimento em 1987? Os nerds, os estranhos, os impopulares da escola.  Ter conhecimento não era descolado - era coisa de cientista, intelectual.  Quem são as pessoas apaixonadas por conhecimentos hoje?  Os sujeitos mais criativos e ricos do mundo.  Aqueles que estão fazendo as coisas mais transformadoras do nosso tempo ... Os inquietos ... "

Mutcho bem.

Tem uma apelaçãozinha do queridito que escreveu na revista.  Em 1980 havia, como hoje, uma galera "irada" (fodástica, atualize tamos no Séc.XXI agora), em busca do Saber; como tinha os aloprados que "zoavam" e "zoam" até hoje os que estudam ("queimam a mufa"); mas os "piadinhas vagabas" vivem à cata de "colinha"; NEAH?!
Também havia revistas "nervosas" (tipo "sagaz", acho). Em minha casa tem uma estantezinha delas, quietinhas, taditas. Logo do lado tem uma de "livrinhos surradinhos" até de Matemática. Às vezes a gente viaja olhando como as coisas mudam. 

Minha opinião é que se há uma coisita certa aí no que diz a revista, é que o "intelectual" continua aquela figurinha "oprimida" que parece ter mil problemas de  saúde, e como outros 'bichos" banca de "sabichudo" pra se achar "importante".

O que noto é que os "gibis" eram muito informativos e divertidos, sem falar em série de TV como Jornada nas Estrelas; mas as bandas de música, essas galerita, essas só show. Querem saber? Tô contando aqui umas mais de cinquenta, e só músicas lindas. Ah, não!!  É covardia. Muito bom. Era música, os cara, as guria, cantavam e davam o "recado".  Sem essa de hoje, esses efeitos, boquinhas torcendo, reboladinho de calçolas frouxas pra dar "gás" ao cenário; tão por fora, falta talento. Os "gatos" cantavam sem camisa, de short, as gurias meio que "não tão nem aí"; mas o que cantavam e como cantavam ... 

*a frase está na Superinteressante (não me peçam pra dizer qual, porque estiquei uma olhadela na página da revista que uma garota lia do meu lado -- fazer o quê, neah(?);  demorava no trânsito -- daí é que me lembrei e fui parar lá no meio das revistinhas de onteisdôntein (ô caipirês danado).  

Hona

di miguxinha mutcho súki
Trocentas Utilidades do Saber Fatorar
                                                         (link)